8 de outubro de 2017, por:

Som Sem Plugs na Estrada: Assu, Mossoró, Carnaubais e Macau

Gravação com a banda Siapó em Mossoró.

Após ações na região seridó do estado, a equipe do Som Sem Plugs partiu em direção ao oeste potiguar. A primeira parada foi em Assu, onde foi gravado mais um especial Som na Tela, desta vez com o artista plástico Wagner Di Oliveira. A produção foi realizada em seu ateliê, e a trilha sonora desta edição ficou a cargo dos músicos Barrinho e Vinicius Di Oliveira, pai e irmão do pintor, que irá receber uma medalha no museu do Louvre em homenagem a sua obra.

Em Assu também foram realizadas oficinas de fotografia e roteiro ao público local. Mais uma vez a fotógrafa Luana Tayze e o produtor Ernani Silveira ficaram responsáveis pelas atividades das oficinas, ambas realizadas na Casa de Cultura de Assu com alunos da Escola Municipal Professora Nair Fernandes, com a oficina de roteiro e da Escola Estadual Tenente Coronel José Correia que recebeu a de fotografia.

Oficina de roteiro com Ernani Silveira junto dos alunos da Escola Municipal Nair Fernandes em Assu.

A professora Monalisa Nogueira agradeceu a iniciativa.  “Parabéns a toda a equipe, foi uma honra nós, que fazemos parte da Escola Professora Nair Fernandes Rodrigues, participar desse belíssimo projeto”, elogiou.

Partindo para Mossoró foi a vez de gravar junto da banda Siapó, mais uma selecionada pelo edital Música é Energia. Formada por potiguares e cearenses, o grupo está junto há apenas quatro meses e já conseguiu chamar atenção por onde passa. A locação escolhida para a produção foi o Jardim Imperial de Mossoró. O Siapó ficou em segundo lugar na edital, e além da produção vai ganhar também 15 horas de estúdio para a produção de um single.

Produção com Zelito Coringa em Carnaubais.

Depois a equipe se dirigiu para a cidade de Carnaubais, no vale do Açu Potiguar. O itinerário contou com a gravação de Zelito Coringa, outro artista selecionado pelo edital Música é Energia. A produção foi realizada em uma ruina centenária no municipio, com direito as Carnaúbas, arvores que dão nome à cidade, ilustrando a paisagem sob um belo por do sol.

Em seguida foi a vez da equipe se dirigir para sua última parada nessa incursão pelo interior do estado na cidade de Macau, que faz parte do polo da Costa Branca potiguar. Desta vez a gravação foi com o músico e compositor Leão Neto, grande vencedor do Edital Música é Energia, que além da produção irá receber também 36 h0ras de estúdio para a produção de um EP.

Gravação com Leão Neto na praia de barreiras em Macau.

Leão Neto é um nome conhecido no carnaval de Macau, e sua participação no Som Sem Plugs rendeu bastante homenagens às tradições da cidade, com seu Chapéu de Fita em alusão ao boi de reis e ao folclore, sua grande marca registrada. A produção foi realizada no belo cenário da praia de Barreiras.

O resultado dessa viagem você irá conferir em videos exclusivos na nossa fanpage, além das produções com os artistas do Edital, os dois som na Tela, o Som Sem Plugs irá produzir também um mini documentário contando com detalhes as passagens por Currais Novos, São Vincente, Caicó, Assu, Mossoró, Carnaubais e Macau. Parte desse material também poderá ser visto com exclusividade no programa do Som Sem Plugs na TVU.