22 de abril de 2020, por:

Entrevista: Carol Damasceno dá dicas para artistas no uso das redes sociais

Imagem: Adobe Stock/Reprodução.

As redes sociais tem sido um instrumento mais importante do que nunca para a classe artística nesses tempos de isolamento social. Se já eram ferramentas determinantes para alavancar e estabilizar carreiras artisticas, hoje em dia elas passam a ser imprescindíveis para a comunicação com o público e como forma de lazer necessária para superar os tempos difíceis de quarentena.

Batemos um papo com Carol Damasceno, publicitária e pós graduada em gestão de marcas que dá dicas preciosas para os artistas otimizarem o uso das redes sociais. Carol atua como digital planner na Camaleão Creative Studio, sendo uma das responsáveis pelas peças do Som Sem Plugs nas redes sociais.

Como avalia esse boom de lives nas redes sociais em tempos de isolamento?

As lives estão sendo uma ferramenta  que diminui o impacto do isolamento social  e se adequam a realidade  que  estamos enfrentando.  Apresenta entretenimento e conteúdo para o modo de vida atual, ampliando o alcance de muitas pessoas visualizarem diversos trabalhos. Possibilita a interação com o público em tempo real, criando estratégias de novos produtos. As lives possibilitam a construção de um novo olhar para o consumo de entretenimento e conteúdo.

Quais cuidados o artista tem que tomar quando for transmitir?

Primeiramente é interessante que haja um planejamento para transmissão. Verificação da conexão de internet, afinal sem que haja esse procedimento nada será realizado. Ter cuidado com a Iluminação do local para execução da gravação. Testar onde o celular ficará posicionado, para que o lugar de seu posicionamento seja confortável para a  realização da apresentação. Interagir com o público  e não esquecer de pedir  que a live seja compartilhada com os amigos ( modo aviãozinho com os amigos).

Como capitalizar usando as redes sociais?

Por meio de  editais.  Nesse período está aberto o edital de produção de lives do Som sem Plugs, entre outras oportunidades.  Participar de festivais, fazer parcerias com estabelecimentos.  Se  ver como produtor de conteúdo. Se manter presente nas redes, estar sempre em contato com o seu público. Criar movimentos de contribuição com o seu trabalho. Produzir lives  nas quais o público possa contribuir com algum valor. Se perguntar nesse processo: enquanto artista quais as minhas habilidades? Quem sabe começar a dar aula online. Existem possibilidades. Precisamos saber o que queremos solucionar.

Quais dicas o artista deve seguir para atingir um engajamento maior em suas publicações?

Se manter presente nas plataformas, gerar conteúdo diversificado. O Engajamento parte muito de frequência e de como é gerado o  conteúdo. Ter clareza do objetivo da publicação de um conteúdo. Compreender as formas que as pessoas consomem. Cada plataforma pode auxiliar no formato de criação de conteúdo e consequentemente gerar esse engajamento, mas de antemão, criar vídeos com algumas produções autorais. Fazer nova versão de músicas de artistas do seu repertório e criar e produzir vídeos. Criar uma relação com o seu público,  seja relembrando  momentos com fotos/vídeos de alguns eventos especiais que você tenha participado, seja promovendo alguma ação de sorteio para conseguir novos seguidores.  Observar como as tendências momentâneas das redes (meme) podem estar sendo inseridas ao seu trabalho. Criar um canal no Youtube, abastecer a plataforma.  Incentivar  a seu público se inscrever, promover lives. Como estamos muito imersos no meio digital estamos consumindo de uma forma mais acelerada o conteúdo, então um planejamento das redes ajuda a promover esse engajamento. 

O que facilita planejar e criar conteúdo interessante e mais atraente para o público?

Quando penso em conteúdo, penso quem é o publico? Com quem estou me comunicando? Entender quem é esse público que consome o seu trabalho é de extrema importância ou estabelecer o público  para o qual você objetiva  divulgar o seu trabalho. Criar personas desse público com diferentes hábitos e gostos podem facilitar essa produção de conteúdo. As próprias redes tem alguns dados sobre as pessoas que seguem  o seu perfil.  Use esses dados ao seu favor. Tentar diversificar os formatos de publicação ( stories, IGTV, feed, lives…) e o conteúdo que aparece em cada um deles é bem importante.