Som Sem Plugs

Menu

Artistas {Moloko Drive}

Moloko Drive Moloko Drive

Tal qual a vitamina anfetaminada dos drugues de Laranja Mecânica, o Moloko Drive é um caldeirão borbulhante de rock torto, sujo, barulhento e valvulado. Nessa viscosa e consistente substância musical estão dissolvidas inspirações que vão desde o rock clássico dos anos 60 e 70, passando pelo garage rock noventista, até o indie rock contemporâneo.
Pitadas do delta blues tocado nas paragens do Mississipi podem ser identificadas por apreciadores de paladar mais apurado ou ainda por donos de mentes perturbadas pelo capiroto em meio a uma encruzilhada perdida.

O Moloko Drive é preparado por quatro remanescentes de bandas que figuraram a cena rocker de Natal (RN) em tempos que remontam à virada do século 21. A voz que faz a frente da banda e o baixo são de Paolo Bruno, ex-Bugs, de quem partiu boa parte dos insumos iniciais para viabilizar a concepção das composições. Para garantir a ebulição desses insumos, de um lado das guitarras frenéticas do grupo está Raphael Gomes, ex-Deadfunnydays. Do outro está Vinícius Menna, que integrou bandas como Arquivo e Distro. Mas a mistura toma a forma perfeita para fervilhar o juízo de facínoras e calhordas com a bateria de Fernando Gomes, ex-Calistoga e ex-Deadfunnydays.

Fundada no fim de 2013, a banda preparou sua vitamina sonora em doses homeopáticas, gravando seu primeiro EP, intitulado “Simulacro”, em sessões pacientemente distribuídas ao longo do primeiro semestre de 2014 que tiveram o apoio de um bruxo sinistro que habita o estúdio Ícone, Vlamir Cruz, responsável pelo Combo Mudernage.

O resultado é um registro de quatro faixas emolduradas em distorções virulentas e letras ásperas que vão proporcionar espasmos destrutivos em delinquentes da mais baixa categoria e escalão.

Vídeos

Artistas

ver todos
← mova deslizando com os dedos →
Carregando
Aguarde, carregando...