Som Sem Plugs

Menu

Artistas {Candeeiro Jazz}

Candeeiro Jazz Candeeiro Jazz

Com uma formação inusitada, o Candeeiro Jazz é formado por Jubileu Filho no violão e na guitarra, Sérgio Groove no baixo e Zé Hiton na sanfona. Os três iniciaram um trabalho coletivo em 2002 e, movidos pela paixão de tocar, improvisando com freqüência e gerando novas possibilidades para o que parece estabelecido, o trio logo foi batizado de Candeeiro Jazz numa referencia direta ao dispositivo que transforma e distribui a luz. O Candeeiro Jazz participou de Circuitos e Festivais de música instrumental importantes como o Cascavel Jazz Fest, no Paraná, e ao longo dos cinco primeiros anos de existência, se apresentou com freqüência em diversos palcos em Natal e do Brasil.

Após um longo período sem se apresentar – os seus componentes continuaram a desenvolver suas renomadas carreiras solo -, o Candeeiro Jazz retornou aos palcos de Natal, em grande estilo, no II MPB JAZZ onde foi aplaudido de pé ao final da apresentação, em maio passado, no Teatro Alberto Maranhão. Logo em seguida, o grupo foi convidado para se apresentar no Teatro Riachuelo por ocasião das comemorações dos 40 anos da TVU. Com arranjos e interpretações únicos, o Candeeiro Jazz voltou ao palcos do Som da Mata mostrando um repertório variado, fruto das referências dos três artistas e que inclui baião, xote, toada, choro, entre outros gêneros. No repertório do grupo, muitas improvisações e “grooves”, Lamento Sertanejo (Dominguinhos), Espinha de bacalhau (Severino Araújo), Tico-tico no fubá (Zequinhade Abreu), bem como, músicas autorais como Funk baião e Primeira Inspiração, ambas de Jubileu Filho em parceria com Zé Hiton, entre outras.

Depois da prolongada pausa, o Candeeiro Jazz retorna com o mesmo frescor do início e com muito mais maturidade.

Vídeos

Artistas

ver todos
← mova deslizando com os dedos →
Carregando
Aguarde, carregando...